sábado, setembro 23, 2006

Fichamento

Há uma aproximação com a idéia de uma temporalidade pura, em que não é preciso fazer o tempo passar, uma vez que ele já se apresenta todo na obra.


FALCI, Carlos Henrique Rezende. Camadas temporais na narrativa cibertextual: cruzamentos múltiplos. In: X Congresso Internacional da Abralic, 2006, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro.

4 comentários:

andré disse...

mas então, ele passa?

andré disse...

émmmm... e você quer passar um tempo comigo?

andré disse...

émmmm... e você quer passar um tempo comigo?

andré disse...

quer algum tempo comigo???