segunda-feira, fevereiro 09, 2009

"(...) amar é uma arte do mesmo tipo que comer: um prato que não está no ponto pode acalmar o apetite mas não satisfaz o paladar. tem gente que come para encher o bucho e estes podem viver sem amor mas não sem companhia. outros morreriam de fome antes de aceitar uma coisa mal preparada. estes últimos serão eternos solitários a menos que encontrem a medida certa."
[efraim medina reyes, p. 149]

2 comentários:

Raul disse...

Lindíssimo.

bjos.

mariasamara disse...

nem sei do que tipo eu sou... acho que nenhum dos citados.