sábado, novembro 25, 2006

meu maior desejo é nunca parar de querer
(lirinha, vocalista do cordel do fogo encantado)



um pontinho ou uma mancha azul em meio ao branco que mais estoura do que agrada? não se sabe ao certo: a inspiração que existe vem de vários e por isso se faz sincera. a gente pode e merece muito céu, por que não? por que querer menos do que tudo? tem é que sair dessa humildade hipócrita e desejar sempre mais um pouquinho. querer o maravilhoso, o completo, o inteligente, o educado, o desabafo, o belo, o gostoso, o azul - uma explosão de doces quereres.
é preciso desejar o outro, pra que ele nunca nos deixe esquecer de que a pedrinha precisa, necessariamente, chegar ao céu [e que a gente merece].



este post começou aqui.

5 comentários:

Sam disse...

Querendo e buscando sempre encontrar.
Paulete, saudades de vc!
bjo

andré disse...

porque querer menos que tudo??? você merece! beijo

ferdi disse...

Eu sempre lançava a pedrinha com tanta força que ela ia prá lá do céu...afoita desde criança...deve ser a tal da muita sede ao pote.
Beijos, Paulinha.
p.s: qto a frase do Lirinha, tb tem o desejo de nunca querer parar...

Camila Lima disse...

Oi Paula, não sei se vai se lembrar de mim. Eu tinha fotolog e um dia comentei no seu. E mesmo depois que terminei com meu fotolog (/c_m_l) continuei passando pelo seu, e pelo seu blog também. E hoje li esse texto e fiquei até emocionada. Estudo artes plásticas e meu projeto vem sendo o jogo da amarelinha. Tive uma ideia esses dias de pedir as pessoas que definam céu para mim, para criar um trabalho mais tarde. E não acreditei na coincidência (se é que isso existe). Encontrar esse texto nesse momento... Se puder me adicionar no seu msn, ou me mandar um email com sua definição de céu também, ficaria muito feliz. Beijos e parabéns pelo blog. Gosto muito dos seus textos. De verdade. Meu msn é cmlima_lua@hotmail.com.

Camila Lima disse...

Só mais um comentário, ou melhor, dois. Já li esse livro, O jogo da amarelinha, do Cortázar. É um livro que vale pena. O segundo comentário é sobre a frase da Lirinha que me fez lembrar uma que li esses dias num livrinho infantil que ganhei. "Se queres ir, vá. Na vida, é preciso saber querer". Achei isso simplesmente perfeito. Beijos.