quarta-feira, novembro 26, 2008

fragmentos

.
sempre que eu apresso o passo, passas por mim
[c. veloso]

.
let's hang about
there's nothing like a sunset into night
[b&s]

.
Q: What do you call an intelligent, good looking, sensitive man?
A: A rumor
[aqui tem coisa]

.
Quero.

De Nelson Botter Jr.

Coxas
Quero suas coxas
Quero suas coxas em minha língua
Quero assinar com minha língua em suas coxas
Num quarto de hotel qualquer
Numa cidade barulhenta qualquer
Coxas
Suas coxas
Sentindo a delicadeza de sua pele na ponta da língua
Na ponta
Do lápis
Que assina em suas coxas
Coxas, cama, janela
A janela que nada revela
E eu quero
Quero fugir
Quero pular
Quero voar
Quero tudo que você puder me dar
Com força, com carinho
E mais um pouco
Misteriosa
É assim que você é
Quero você assim
Quero você
Suas coxas
Num quarto de hotel qualquer
Com sorriso maroto
Receosa
Tímida
Aflita
Quente
Suada
Molhada
Muito molhada
Louca
Louca
Louca
Quero
Quero
Quero
E querer é ter
E querer é ter você.

[blônicas]

.
eu queria ter uma bomba, um flit paralisante qualquer
pra poder me livrar do prático efeito das tuas frases feitas
(...)
pra poder te negar bem no último instante
[barão vermelho]

Um comentário:

Liliane P. disse...

nada, não. tudo.