terça-feira, setembro 09, 2008

jornais tentam me vender notícias. parece que na minha antiga rua, em bh, um caminhão desgovernado bateu em um monte de carros de alunos da puc.

.

hippies tentam me vender saias hippies, bem como toda sorte de produtos hippies. eu visto jeans, all star, camiseta hering, casaco estilo terno com estampa xadrez. mochila. e óculos escuros enormes. e me oferecem saias hippies. o fuckin hippie deve estar doidão. prossigo.

.

em tom de brincadeira, pessoas tentam me vender que rolling stones é melhor que beatles. pensando em evitar discussões inúteis que culminarão, cedo em tarde, numa úlcera ou em crises de labirintite, ignoro.

.

tentam me vender banana maçã como se fosse banana prata. o povo parece pensar que eu não consigo diferenciar uma melancia de uma ameixa. mal sabem eles de onde eu venho, dessa família que tem dona terezinha e dona nenem; uma família na qual os filhos foram implicitamente educados pra serem uns chatos em relação a comida. e eu odeio banana maçã.

.

mentalizo uma cena na qual os hippies da ufsc, os anti-beatles e as bananas maçã encontram-se todos na minha antiga rua em bh, aquela do caminhão desgovernado. sorrio.

update:

a imagem da tragédia

foto: alex de jesus/ o tempo/ ae
*clique na imagem para ver a notícia


legenda:
*no x vermelho temos o beco do vinil, ou marcílio's lounge, ou ainda marcílio's pub. é bom beber lá. se você é de bh e nunca ouviu falar desse lugar é porque você não foi iniciado [perdeu, playboy].
*no x amarelo temos um restaurante que dá pro gasto. na época de monitoria no ceis eu almoçava lá quase todo dia junto com os outros monitores pobres.
*se você seguir a setinha verde, vai chegar ao meu antigo apartamento em poucos segundos.

4 comentários:

Felipe Held disse...

Hahahahahahahahaha

Raul disse...

he he... adoro finais felizes...

Bjo menina!

Ferdi disse...

A combinação PUC + BANANA me lembrou minha irmã e um fato de nossa infância (todos os seus posts me lembram uns casos...rs...). Vamos ao caso do dia: uns anos atrás surgiu um boato de que a banana entraria em extinção (vc soube disso ou essa notícia só surgiu no circuito Barreiro?). Enfim, arrasadas - pois amamos todas as bananas - Paula e eu resolvemos COMPOR UMA MÚSICA que fala sobre as bananas para que, um dia, nossos filhos soubessem que existiu uma fruta chamada banana. Sei cantar até hj. O refrão repetia exaustivamente: salvem as bananas, salvem as bananas, salvem as bananas!
Beijos!!

vitrolausada disse...

nossa,
to aqui emocionado com o playboy que teve seu carro amassado!

logo hoje que ele ia mostrar pra todo mundo o superpowerdvdstereosurroundsond que ele comprou.