segunda-feira, agosto 18, 2008

a zica

o brasil tem que aprender que, quando falamos muito a respeito de qualquer coisa, invariavelmente, essa coisa acaba dando merda. é a famosa zica. é quando você faz a entrevista pro estágio/ emprego dos seus sonhos, conta pra todo mundo e pá, não consegue a vaga. é quando você conhece o cara/ a menina dos seus sonhos, contra pra todo mundo e pá, você e o [a] gatinho [a] acabam se desencontrando da forma mais besta possível.

por isso é que não pode ficar falando muito sobre coisas importantes e bastante aguardadas. parece que a expectativa tem artifícios próprios de te fazer quebrar a cara da forma mais dura possível. aí o hypólito cai no último e mais simples salto no único momento em 4 anos no qual não poderia cair; o cavalo milionário e com nome engraçado refuga diante do obstáculo que sempre pulou; o maior ídolo chinês sente uma contusão com a qual convive há 6 anos bem na hora de correr rumo ao consagrado e óbvio primeiro lugar; a vara da saltadora fabiana murer desaparece; o campeão mundial de judô é derrotado por um até então joão ninguém; o thiago pereira nada rumo ao último lugar.

e, enquanto isso, o pessoal que vai sem alarde [no melhor estilo mineiro desconfiado come quieto], algumas vezes até desacreditado, ganha medalha de ouro inédita na natação [cielo], ganha medalha inédita no judô feminino [ketleyn quadros], ganha medalha inédita na vela no feminino [fernanda e isabel].

os atletas deveriam sair correndo da globo e do galvão bueno, solicitar uma liminar na justiça que os impeça de alardear os vir a ser.

no fim, é só não ficar falando demais. quietinho e sempre, é assim que as coisas funcionam. conselho de mineira.

p.s.: o phelps para mim é a grande excessão a essa regra, mas convenhamos: um cara que consome 12.000 calorias/ dia é uma excessão em qualquer coisa.

2 comentários:

Ferdi disse...

Apoiada! Apoiada! Apoiada!
Por isso achei até bom o vôlei masculino ter dado uns tropeços. Só assim para aumentar a cautela e diminuir o alarde.
Bjos!!!

Liliane P. disse...

minha avó tem um ótimo ditado de vó para ser epígrafe da sua reflexão. mas claro que não me lembro. [o ginko biloba não tem feito efeito.] cito, porém, o nosso querido fracasso.com.br: "Diego é nosso Zico de maiô! So ganha com a camisa do Mengão… Disse que só Deus tiraria seu ouro olímpico, acredito que a blasfêmia deu certo. Ele não gostou! (...) Há uma maldição nesses jogos contra a verba pública e a campanha para enganar o povo, quem fez esse pacto parece que sempre se dá mal. Hypolito foi nos vendido como um Nadal, um ouro líquido e certo, com direito a inúmeras horas na televisão e narração de Galvão Bueno, nosso pé frio olímpico número 1. Acabou como Jade, errando, chorando e sem medalha."
ai, ai. queria ingerir 12.000 calorias/dia, maaaaaaaaaaaas...
besos!