terça-feira, agosto 19, 2008

arrobas olímpicas

@
hoje acordei por volta das 8h da manhã, mas nem me levantei da cama, apenas liguei a tv*. acabei dormindo novamente e acordei com o primeiro gol da argentina. pensei 'fodeu', porque aquele maldito marcador de tempo de jogo modelo internacional me fez pensar que já estava aos 52 minutos do 2° tempo [52 min é improvável, mas ah, eu tinha acabado de re-acordar]. quando realizei que ainda havia quase o 2° tempo inteiro a ser jogado pensei 'ah, dá tempo de empatar, pelo menos'. só que não empatou, a argentina ganhou, nossos jogadores tiveram um tílti e acharam que jogavam rúgbi, foram expulsos e tudo mais que vocês já sabem ou virão a saber, já que vão falar disso exaustivamente na imprensa nacional.

e como eu tenho birra com o futebol masculino do brasil, com essa coisa do dunga NUNCA ter sido técnico e ocupar a posição mesmo assim, com o fato de que os jogadores se permitem ficar gordinhos, eu nem liguei. e também porque quando o brasil está perdendo de muito, já sem chances, o galvão bueno fica quase calado, uma coisa meio melodramática, e isso me diverte profundamente.

@
ontem assisti a um trecho de uma discussão do povo do sportv a respeito do desaparecimento da vara da fabiana murer. estava aquela turma de ex-esportistas, dentre eles a sandra pires, do vôlei de praia. aí o galvão bueno perguntou pra sandra se ela tinha passado por uma situação parecida com a da fabiana, sumiço de equipamento e tals. e a sandra: 'nunca aconteceu isso comigo, mesmo porque não tem muito jeito... porque bola, bola sempre tem várias, um monte... agora vara...'. são tantas piadas e possibilidades que meu cérebro não consegue processar.

@phelps, um grande exemplo de raimunda, deixando em destaque o seu ponto fraco - a cara. mas o importante é ter medalhas saúde, né?

@
alguém invadiu o site do cob - comitê olímpico brasileiro - e deixou mensagens xingando os atletas. no momento a página encontra-se assim:



*eu não sou uma à toa, só para esclarecer. é que ontem o dia foi tão cansativo que quando fui pra cama não conseguia dormir. e como às terças não tenha aula de manhã, resolvi curtir um soninho extra.

Um comentário:

Ferdi disse...

Pois eu, que tb não tinha compromisso hj cedo, coloquei meu relógio pra despertar na hora do jogo. Super torci contra o Brasil. E eu nunca fui disso...adorava a seleção brasileira antigamente. Mas estou tomando nojo. Tenho pânico do Ronaldinho Gaúcho, e mais ainda da imprensa que o superestima. Estou bem feliz com o resultado. E ser eliminado pela Argentina, não tem preço.
Agora torço muito para a seleção feminina de futebol. Elas não têm salários astronômicos, nem cachês milionários de campanhas publicitárias. Mas, me parece, que ainda têm garra.
Me exaltei...acho que minha vida vai ficar muito vazia quando as olimpíadas terminarem...rs
Beijos!!!