sábado, maio 17, 2008

é claro que tem algo mais. o que? estou tentando descobrir, assim mesmo, no gerúndio. tornou-se um exercício diário buscar entender.

mas vou te escrever um samba. aí, quem sabe, você dança comigo.

Um comentário:

Liliane P. disse...

o samba que eu ando dançando é aquele do paulinho. o da solidão. e acho que é mais uma escolha minha que uma determinação/desatenção alheia. momento ostra. mas tô saindo do jornal. sério.