terça-feira, fevereiro 19, 2008

eu queria não sentir nada.

Um comentário:

Liliane P. disse...

Idem.