terça-feira, setembro 12, 2006

novas fabulações

subindo escadas, pulando degraus, pisando na grama
faixa de pedestres, bicicleta na orla, lancha dentro da lagoa

passando pelo outro lado para ver se fica mais bonito

tênis, pé no chão, caminho de terra
andanças para todo canto
- para todos os cantos -

cortando caminho (ninguém me avisou que já havia um)

novidades ululantes no modo de encontrar
cerveja, vinho ou champanhe?
avião, ônibus, carro de luxo
atenção! sapatinho de boneca não serve para correr

ar, água, terra
estrada de tijolos amarelos
norte e sul
voltas e mais voltas
travessia

inútil: tudo sempre converge em você, amor primeiro, com uma força paradoxalmente doce.

Um comentário:

andré disse...

sapatinho de boneca não serve pra correr, mas serve pra dançar! bjs